• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • Ela Quer Te Encontrar e Te Fazer Feliz - Ed Fischer!!




    Nesse livro temos como protagonista Gustavo, um homem de trinta e quatro anos que teve uma infância humilde e cheia de privações na periferia de Belo Horizonte, onde sempre trabalhou para ajudar a família, apesar de sua relação com os pais não ter sido boa e logo aos vinte seis anos ter ido morar sozinho no centro de Belo Horizonte.
    Tempos depois começou a estudar Administração de Empresas, conquista que ficou marcada com o falecimento dos seus pais que ocorreu na mesma época, aos trinta e um anos de idade foi aprovado em um concurso público na empresa LS Mineração S/A, melhorando significamente o seu orçamento.
    Mas apesar das realizações profissionais e pessoais Gustavo não é um homem feliz, já namorou várias mulheres e seus relacionamentos não duram muito tempo, só pensa nos seus interesses, não da importância para os sentimentos das pessoas ao seu redor e apesar das suas conquistas ainda lhe faltava o principal: a felicidade.
    Cansado da vida Gustavo decide largar tudo, pega a estrada rumo a rodoviária lembrando das coisas que aconteceram na sua vida até ali, isso só aumentou a sua angustia e tristeza levando-o diversas vezes as lágrimas. Mas no meio do caminho e do turbilhão de emoções ele encontra uma mulher bela e misteriosa, que sem falar o seu nome e de sua vida, começa um boa conversa com Gustavo dizendo tudo o que ele precisa ouvir, a pessoa certa na hora certa, depois desse encontro inusitado ele resolve retornar a sua vida normal e a partir dai muitas mudanças ocorrem na sua vida, além de encontrar novamente a mulher misteriosa que o ajuda muito mas que ao mesmo tempo o deixa intrigado, onde procura também saber seu nome e por que da sua ajuda para com ele.
    Quando li a sinopse eu esperava uma história muito diferente da que encontrei, sabia que seria um livro de reflexão que beirava a auto ajuda e mesmo assim quis conferir e agradeci a parceria com o autor, o início é bem interessante, mas conforme a leitura foi avançando fui me decepcionando e a leitura se tornou maçante demais, pois na maioria das vezes os diálogos são muito extensos e parecia que eu estava na sala de aula com um professor fazendo uma pergunta e passando horas respondendo, o dia a dia do protagonista são interessantes até o momento que ele encontra a mulher misteriosa retornando aos enormes diálogos.
    O autor Ed Fischer na minha opinião quis nesse livro levar os leitores a reflexão baseado na religião, a ideia é interessante não funcionou para mim e a insistência em falar e se referir a Deus como transcendente me incomodou muito, na minha opinião seria mais fácil escrever um livro dizendo o que a religião e a espiritualidade englobam e da busca interior, para quem gosta do gênero talvez possa agradar.







    Segue abaixo a sinopse do livro:










    Sinopse: Ela Quer Te Encontrar e Te Fazer Feliz - Ed Fischer

















    Ela Quer Te Encontrar e Te Fazer Feliz - Gustavo é um típico homem pós-moderno. Ele possui um segredo e é levado, pelas suas insatisfações e por alguns acontecimentos de sua vida, a trilhar um novo itinerário em busca da felicidade. Uma linda e misteriosa mulher, que ele conheceu enquanto caminhava desolado devido à perda de um amigo, irá ajudá-lo nesta jornada. Mas quem é ela? E o que, de tão grave, esconde Gustavo?
    Ela quer te encontrar e te fazer feliz leva à reflexão sobre uma das questões mais significativas do homem: como alcançar a felicidade? Não é um livro de receitas para se viver melhor, entretanto, aponta alguns caminhos a percorrer e alguns obstáculos a superar, impostos pela própria existência humana e pelo próprio dia a dia de cada um.





    23 comentários :

    1. Tem cara mesmo de ser um livro mais religioso, pelo sinopse quero dizer. Com livros assim você precisa ser avisado antes, pois pode não gostar ou querer ler.

      Bjs, @dnisin
      www.seja-cult.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Denise,

        Não é só por ser religioso, mas também pelos diálogos cansativos, como um questionário sendo respondido.

        Excluir
    2. Também não gosto muito quando os livros caminham para essa temática religiosa. Concordo com o que você disse: talvez fosse mais acertado fazer um livro voltado exclusivamente para o público religioso.
      Excelente resenha.

      Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

      ResponderExcluir
    3. Puxa Marco que pena que vc decepcionou um pouco com a leitura, o livro pareceu ter uma ideia boa para transmitir.

      Bjos

      http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Kênia,

        Li algumas resenhas positivas do livro, mas comigo não funcionou, talvez você goste...bjs.

        Excluir
    4. Olá,
      O livro até parece ser bacana, gostei bastante da capa, mas a leitura simplesmente não faz meu estilo.
      Beijos.
      Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

      ResponderExcluir
    5. Oi Marco, é uma pena quando não conseguimos nos conectar a uma história, ainda mais quando temos expectativas sobre ele.
      Eu não curto livros de cunho religioso e mesmo a história tendo uma boa premissa, não leria.
      Abraço.
      Lia Christo
      www.docesletras.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Lia,

        Já li livros com cunho religioso e gostei muito, mas sabia claramente o que leria...abraço.

        Excluir
    6. Gostei demais da sua resenha e da sua sinceridade, mas o livro em si não é do meu gosto.
      Mas pode ser que eu mude de ideia né?! Afinal, eu sou assim mesmo, rsrs.

      Bjks

      Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Alessandra,

        Fico feliz que tenha gostado da resenha, você pode dar uma oportunidade para o livro e quem sabe goste da leitura...bjs.

        Excluir
    7. OI Marco
      Eu desconfiava que esse livro fosse de autoajuda, mas nunca imaginei esse lado religioso. Pelas suas ressalvas acho que este livro tbm funcionaria comigo.

      Beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Vanessa,

        Eu não gosto de auto ajuda, mas as vezes alguns até conseguimos ler e não é por causa do lado religioso e sim da maneira que foi escrita, o autor tem potencial.....bjs.

        Excluir
    8. Infelizmente esse livro não me interessou. Lendo o começo da resenha já vi que não gostaria de ler e depois lendo a sua opinião, ficou mais evidente que esse não é um livro que irá me agradar.

      Blog Prefácio

      ResponderExcluir
    9. Bom ver reações diferentes ao mesmo livro. Neyla gostou da leitura e fez uma resenha super empolgada do livro, em contraparte a sua mostrou uma reação bem diferente, até com um pouco de decepção. Essa é a graça dos blogs: opiniões sinceras e diversas que ajudam a formar a nossa própria.

      Saudações,
      Ace Barros
      Capitão do drakkar Interlúdio, navegando pelo Multiverso X
      multiversox.com.br

      ResponderExcluir
    10. Oi,Marco!
      Vi esse livro rolando pela rede e assim que me deparei com o título e a capa fiquei bem interessada em lê-lo, mas confesso que agora, após ler sua resenha, talvez não o inclua na minha lista de leitura, pelo menos não por hora. Essa coisa de leitura maçante não é comigo. E livros que abordam tais questões religiosas como mola propulsora não fazem meu estilo.

      Bjs!
      Zilda Peixoto
      http://www.cacholaliteraria.com.br

      ResponderExcluir
    11. Gostei da resenha Marco, mas não seria o tipo de livro que eu leria. Essas linguagens técnicas acabam tornando a leitura maçante. Abraço!

      www.newsnessa.com

      ResponderExcluir
    12. Oi Marco!
      Que pena que o livro não funcionou contigo. Eu gostei muito da história, conseguiu me prender (tanto é que passei a madrugada lendo) e, apesar do tom meio auto ajuda, eu achei a história muito legal! Me lembrou um pouco A Cabana, que foi um livro que amei!
      Sua resenha ficou bem bacana, abordou o que não gostou sem denegrir o livro... por isso gosto tanto do seu trabalho! Vc é nota mil, Marco!
      Beijo
      Coisas de Meninas

      ResponderExcluir
    13. Oi Marco, tudo bem?
      Eu já li este livro e ele me lembrou muito O Vendedor de Sonhos do Augusto Cury, a premissa é bem semelhante.

      Beijão, Vanessa Meiser
      http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    14. Oi Marco,

      Confesso que tive a mesma impressão que você lendo a sinopse, comecei a imagina que seria uma história e pelo que li na sua resenha ela também não me agradaria tanto.
      Uma pena que a leitura não tenha sido tão boa, mesmo assim gostei da sua resenha.
      Beijos



      Mari - Stories And Advice

      ResponderExcluir
    15. Oi, Marco!
      Pena que o autor acabou fugindo do gênero literário e caindo quase no gênero técnico. Eu achei interessante a história em si, mas pelo que você comentou é provável que também de sentisse um pouco decepcionada. Diálogos extensos cansam e fazem parecer que algo tão profundo quanto viver e crer numa religião se baseia em convencimento intelectual.

      Sua crítica foi muito consistente. Espero que o autor se sinta disposto a considerá-la.

      Abraço!
      http://www.myqueenside.blogspot.com

      ResponderExcluir
    16. Oi. não gostei muito do enredo do livro, não faz meu estilo, fica ara próxima.
      http://www.poesianaalma.com.br/

      ResponderExcluir