• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • Six of Crows - Sangue e Mentiras - Leigh Bardugo - Editora Gutenberg!


    Sinopse:

    A OESTE DE RAVKA, ONDE GRISHAS SÃO ESCRAVIZADOS E ENVOLVIDOS EM JOGOS DE CONTRABANDISTAS E MERCADORES…

    …fica Ketterdam, capital de Kerch, um lugar agitado onde tudo pode ser conseguido pelo preço certo. Nas ruas e nos becos que fervilham de traições, mercadorias ilegais e assuntos escusos entre gangues, ninguém é melhor negociador que Kaz Brekker, a trapaça em pessoa e o dono do Clube do Corvo.
    Por isso, Kaz é contratado para liderar um assalto improvável e evitar que uma terrível droga caia em mãos erradas, o que poderia instaurar um caos devastador. Apenas dois desfechos são possíveis para esse roubo: uma morte dolorosa ou uma fortuna muito maior que todos os seus sonhos de riqueza.
    Apostando a própria vida, o dono do Clube do Corvo monta a sua equipe de elite para a missão: a espiã conhecida como Espectro; um fugitivo perito em explosivos e com um misterioso passado de privilégios; um atirador viciado em jogos de azar; uma grisha sangradora que está muito longe de casa; e um prisioneiro que quer se vingar do amor de sua vida.
    O destino do mundo está nas mãos de seis foras da lei – isso se eles sobreviverem uns aos outros.


    Nome: Six of Crows - Sangue e Mentiras
    Autora: Leigh Bardugo
    Editora: Gutenberg
    Gênero: Fantasia
    Tradutor: Eric Novello
    Adaptação da capa original: Luana Botelho
    Número de Páginas: 375
    Ano de Lançamento: 2016 (no Brasil)










    Resenha:





    Ketterdam é capital de Kerch, cidade portuária com uma rota de navios mercantes dominada pelos mercadores e cheia de contrabandistas, cheia de becos escuros e perigosos, possui várias casas de jogos, tavernas, casas de prostituição, além dos conflitos entre gangues rivais, para sobreviver nesse ambiente hostil é preciso muita malícia e malandragem, um lugar para essas ações sem precedentes é o bairro chamado Barril, onde se encontra o famoso Club do Corvo de propriedade de Kaz Brekker.




    Kaz Brekker tem 17 anos, ele é órfão e cresceu sozinho nessas ruas e becos sombrios do Barril, ele é conhecido como Mãos Sujas, seu passado é um mistério, possui muitos segredos, com suas mãos que ficam cobertas por luvas, seu manquejar e a sua bengala com uma cabeça de corvo, fazem dele uma pessoa sombria, ele é um criminoso muito temido e perigoso. Devido às habilidades como ladrão, negociador e líder de gangue, consegue descobrir os piores segredos das pessoas e usá-los em benefício próprio.
    Por esse motivo Kaz é contratado por um membro do Conselho de Mercadores de Ketterdam para fazer um roubo impossível, entrar na Corte do Gelo e resgatar o cientista Bo-Yul-Bayur, responsável pela produção de uma droga poderosa chamada jurda parem, que vicia os Grishas, aumentando seus poderes e deixando-os dependentes e acabando com as suas vidas. O valor para essa tarefa é irrecusável, para evitar que uma nova droga caia em mão erradas, e claro, para os seus próprios interesses, ele vai precisar formar uma equipe com os melhores criminosos e de que alguma maneira possa confiar, mas essa não é uma tarefa fácil.
    A primeira a ser recrutada por Kaz é Inej. Ela foi sequestrada da caravana da sua família e forçada a ser escrava em bordel de luxo em Ketterdam, foi salva por Kaz e se tornou seu braço direito e responsável por coletar as informações importantes para Kaz, agora é conhecida como Espectro, com seus passos silenciosos e suas facas perigosíssimas também é muito temida, o segundo é Jesper, que também já trabalha com Kaz na gangue Dregs, é um grande atirador, mas após a morte de seu pai, Jesper vive bebendo e jogando nas casas de jogos, acumulando dívidas, a terceira é Nina Zenik, é uma Grisha Sangradora que foi feita prisioneira em Fjerda e agora vive como refugiada em Ketterdam, o quarto é Wylan é um fugitivo que saiu da casa dos pais por motivos ainda misteriosos, por causas das suas habilidades com explosivos e por um outro motivo que só Kaz sabe ele acaba entrando para a equipe e por último, o Fjerdano Mathias, que depois de décadas de um duro treinamento militar está preso em uma cadeia em Kerch, seus conhecimentos do local onde Kaz pretende invadir é primordial, mas ainda ele deseja se vingar da pessoa que o colocou na prisão, junto com Kaz eles são os seis corvos.



    Leigh Bardugo presenteia os leitores com uma trama incrível, esse é o primeiro livro que leio da autora, é narrado em terceira pessoa e intercalado pelos seis personagens principais, no decorrer da leitura também ficamos sabendo o que aconteceu no passado de cada um e suas motivações para serem o que são hoje. A história é cheia de aventuras, suspense, traições, reviravoltas e planos incríveis e inimagináveis, o livro aborda assuntos como amor, família, preconceito, aceitação e a sexualidade.
    A leitura flui bem e em nenhum momento é maçante, o mundo criado pela autora é incrível e temos diversos personagens importantes que enriquecem ainda mais a trama, a capa é muito legal e a diagramação é muito boa, não vejo a hora de ler a continuação dessa duologia, apesar de algumas críticas negativas da série anterior a essa eu quero muito ler e conhecer um pouco mais a escrita da autora e o mundo criado por ela, para os fãs de literatura fantástica é um livro imperdível.

    "Sem luto. Sem funerais".



    Trilha sonora da resenha:









    Sobre a autora:


    Nasceu em Jerusalém, cresceu em Los Angeles e se formou na Universidade  de Yale. Mora atualmente em Hollywood, onde se entrega à sua paixão pelo  glamour, em sua outra identidade profissional, como a maquiadora  artística L.B. Benson. De vez em quando, ela também canta com sua banda,  a Captain Automatic. Autora da aclamadaTrilogia Grisha, ela foi  considerada uma das seis melhores autoras estreantes de 2012 pelo comitê  New Voices da American Booksellers Association, e também ganhou uma  indicação ao prêmio Abraham Lincoln Award e ao Indie Next List  Selection.









                                                          Kaz Brekker









     

    17 comentários :

    1. Nunca tinha ouvido falar, mas vou procurar!

      http://clebereldridge.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    2. Oie Marcos =)

      Já vi a cada desse livro em alguns sites, porém a sua é primeira resenha que o leio da obra.

      Gosto desse estilo de fantasia, mas vou te falar que anda difícil acompanhar séries novas, já que tenho várias que preciso terminar rs...

      Ótima resenha!

      Beijos;***
      Ane Reis | Blog My Dear Library.

      ResponderExcluir
    3. Oi
      já vi falarem bem desse livro e tenho até um leve interesse na leitura, que bom que gostou da leitura, parece ser uma história bem movimentada cheio de acontecimentos e com personagens misteriosos que escondem segredos, dando ao leitor muito o que descobrir.

      http://momentocrivelli.blogspot.com

      ResponderExcluir
    4. Oi, Marco!
      Eu amei demais essa duologia! Uma das favoritas da vida!
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir
    5. Puxa, como não conhecia o livro, estou encantada com o enredo criado pela autora! Parece realmente incrível e com personagens bem estruturados, com certeza.
      Me lembrou um filme do Tarantino, Os 8 Odiados, não me pergunte os motivos..rs
      Mas se tiver oportunidade, quero muito conferir a obra sim. Capa lindíssima!
      Beijo

      ResponderExcluir
    6. Gostei da resenha Marco. Me pareceu ser uma fantasia bem orquestrada, além de ter um toque underground. Abraço!

      www.newsnessa.com

      ResponderExcluir
    7. Olá.

      Adorei sua resenha. Confesso que tenho vontade de ler esse livro, porém a autora me deixa um pouco receosa. Já li uma trilogia dela e não gostei tanto como esperava. Fico feliz em saber que a leitura desse livro flui bem. Talvez eu dê uma chance.

      Estou seguindo seu blog <3
      Beijos,
      Blog PS Amo Leitura

      ResponderExcluir
    8. Caso a historia do livro não seja boa, tenho certeza que a biografia da autora deva ser, pois achei interessante o modo como tu apresentou ela ahahahahah. Pela capa eu achei que fosse outro tipo de historia, mas ao longo da tua resenha vi que me surpreendi positivamente, estilo underground, gangs e um assalto, realmente a leitura não deva ser nada massante, dica anotada.

      ResponderExcluir
    9. Oi Marco,

      Tenho muita vontade ler esse livro, pois só vejo elogios sobre essa série.
      Da autora só li Sombra e Ossos e achei interessante, apesar de não ter amado tanto.

      Bjs e uma boa semana!
      Diário dos Livros
      Siga o Instagram

      ResponderExcluir
    10. Oi, Marco

      Eu ainda não li nada da autora, mas tenho muita vontade. Adorei o mapa, adoro me situar dentro da história. Eu não curto muito o gênero, mas esse livro chama minha atenção.

      Beijos
      - Tami
      https://www.meuepilogo.com

      ResponderExcluir
    11. Olá, Marco.
      Eu li a Trilogia Grisha da autora e amei. Li os três livros em um fim de semana porque não conseguia largar. Esse está na minha lista. Já até ensaiei para comprar mas ou está caro ou está indisponível hehe.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    12. Oi, Marcos!

      Já ouvi falar dessa obra e parece ser fantástica. Fico feliz de saber que o ritmo é frenético e nem um pouco maçante. Ótima resenha!

      xx Carol
      http://caverna-literaria.blogspot.com

      ResponderExcluir
    13. Oi
      a resenha reacendeu minha curiosidade para ler esse livro, uma pena que estou com leituras acumuladas, quem sabe leria o e-book.

      http://momentocrivelli.blogspot.com

      ResponderExcluir
    14. Olá,
      Eu adorei a premissa e muito legal conhecer mais da história.
      Sempre tive vontade de conhecer essa série, muitos elogios!

      até mais,
      Nana - Canto Cultzíneo

      ResponderExcluir
    15. Tu sabe que este livro me lembrou de uma saga da NC. mas não é ela. Achei legal as fotos que você colocou porque despertou o meu interesse em ler e adoro quando o livro tem mapas para a gente conhecer mais.

      ResponderExcluir
    16. Oi Marco Antônio, tudo bem com você?
      Eu li esse livro e amei. O universo criado é extraordinário e a cada página há uma reviravolta.
      Parabéns pela resenha.

      http://www.acordeicomvontadedeler.com/

      ResponderExcluir
    17. Oi Marco, tudo bem?
      Eu também já li esse livro e também foi meu primeiro contato com a autora e fiquei louca com ela. Concordo com você, gente esse livro é incrível, um dos melhores que já li. Estou super ansiosa para ler a continuação. Também queria que todos lessem. Adorei sua resenha!!!
      beijinhos.
      cila.
      http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

      ResponderExcluir