• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • Dentes de Dragão - Michael Crichton - Editora Arqueiro!!


    Sinopse

    Michael Crichton, autor da obra que deu origem ao lendário filme Jurassic Park, volta ao campo da paleontologia neste livro recém-descoberto, uma aventura emocionante ambientada no Velho Oeste durante a era de ouro da caça a fósseis.
    Com ritmo perfeito e enredo brilhante, Dentes de Dragão é baseado na rivalidade entre personagens reais. Com uma pesquisa meticulosa e imaginação exuberante, será transformado em minissérie pelo canal National Geographic com a Amblin Television e a Sony Pictures.
    Desde Jurassic Park, nunca foi tão perigoso escavar o passado.
    Em 1876, no inóspito cenário do Oeste americano, os famosos paleontólogos e arquirrivais Othniel Marsh e Edwin Cope saqueiam o território à caça de fósseis de dinossauros. Ao mesmo tempo, vigiam, enganam e sabotam um ao outro numa batalha que entrará para a história como a Guerra dos Ossos.
    Para vencer uma aposta, o arrogante estudante de Yale William Johnson se junta à expedição de Marsh. A viagem corre bem, até que o paranoico paleontólogo se convence de que o jovem é um espião a serviço do inimigo e o abandona numa perigosa cidade.
    William, então, é forçado a se unir ao grupo de Cope e eles logo deparam com uma descoberta de proporções históricas. Mas junto com ela vêm grandes perigos, e a recém-adquirida resiliência de William será testada na luta para proteger seu esconderijo de alguns dos mais ardilosos indivíduos do Oeste. 









     

    Resenha:


    William Jason Tertullius Johnson, mais conhecido como William Johnson, tem 18 anos e é um estudante universitário rico, que começou seus estudos no Yale College no outono de 1875, era considerado talentoso, bem-apessoado, atlético e competente, mas também era teimoso, preguiçoso, muito mimado e às vezes insensível. Harold Hannibal Marlin era o arquirrival de William Johnson, Marlin era de uma família muito rica de Nova York e por isso se considerava superior em vários aspectos, em 1876,ao ser desafiado por Marlin, William aposta mil dólares afirmando que iria para o Oeste para uma expedição difícil na fronteira americana com o paleontólogo Othniel Charles Marsh.
    Willian então procura o professor Marsh a fim de convencê-lo a entrar para expedição, para isso teve que mentir informando ser o fotógrafo, mas ele não teve dificuldades para conseguir pagar um professor particular para lhe ensinar todas as artimanhas da fotografia. Durante a viagem da expedição, Willian descobre que o professor Marsh tem um rival que disputa com ele as grandes descobertas, Edward Drinker Cope, professor de paleontologia do Haverford College, já foram amigos, mas agora são inimigos mortais, ambos estão sempre tentando sabotar um ao outro. Logo o professor Marsh acaba desconfiando de Willian, e ao achar que ele é um traidor que está na expedição para colher informações para o seu rival Cope, sem prévio aviso Marsh acaba abandonando Willian pelo meio do caminho. Desolado, William por sorte acaba encontrando o professor Cope, que acaba acolhendo Willian em sua própria expedição, que segue para o território de Montana.
    É uma expedição muito perigosa, o Exército dos EUA está travando uma guerra brutal contra as tribos nativas da região, enquanto garimpeiros e bandidos atiraram em qualquer um que julguem suspeitos, eventualmente, é claro, William se encontrará sozinho e em perigo, aventurando-se através de um território hostil e ilegal sobre um terreno implacável. Essa nova realidade traz uma grande mudança no comportamento do William, que passa de um garoto rico e inconsequente para um explorador experiente e durão.
    O autor Michael Crichton consegue uma trama incrível e envolvente, cheia de aventuras, suspense e reviravoltas. Dentes de Dragão está cheio de personagens reais, os professores Othniel Charles Marsh e Edward Drinker Cope, além de rivais ferrenhos, rivalidade que entrará para a história como a Guerra dos Ossos, também somos apresentados aos paleontólogos responsáveis ​​pela descoberta e nomeação de 130 tipos de dinossauros, ao Charles Hazelius Sterberg, célebre colecionador de ossos e paleontólogo amador, e a outros personagens reais do Velho Oeste, incluindo John Pierpont Morgan,  um banqueiro, financista e colecionador de arte americano e Wyatt Earp, mais conhecido como um temido xerife de fronteira que trabalhou nas cidades de Wichita e Dodge City (Kansas), e em Tombstone, Arizona.
    O autor nos presenteia com uma época historicamente rica de contos do Velho Oeste e uma disputa de fósseis alimentada pela ciência, além das guerras indígenas que aconteciam na época, o romance também toca no debate entre ciência e religião, a capa é muito bonita e a leitura flui bem demais, não conseguia parar de ler e li em dois dias, essa é a primeira vez que leio um livro do autor e confesso que não vejo a hora de ler os demais livros, para os fãs de faroeste e paleontologia é um livro mais do que recomendado.


     






    Trilha sonora da resenha:








    Sobre o autor:


    Michael Crichton foi um escritor, produtor de filmes e de televisão estadunidense. Seus trabalhos mais conhecidos são novelas de ficção científica, dentre os quais, sua obra mais conhecida, Parque dos Dinossauros, adaptado para o cinema por Steven Spielberg com o título Jurassic Park, e a série de televisão ER.
    Crichton também dirigiu e/ou produziu vários filmes e programas de televisão. Entre outros, Crichton dirigiu o filme Coma, adaptado de uma novela de Robin Cook.
    Seu gênero literário pode ser descrito como techno-thriller, que é, geralmente, a união de ação e de detalhes técnicos. Muitas das suas novelas têm termos médicos ou científicos, refletindo seu treino médico e científico — Crichton era formado em medicina pela Harvard Medical School.











     



     

     

    16 comentários :

    1. Pink Floyd é pra matar a gente de emoção!rs Sabia que é a primeira coisa que olho quando sai uma resenha? A trilha sonora..rs e a coloco para ler a resenha.
      Este é um livro que namoro desde o lançamento, não somente pelo enredo que traz estes seres que habitam nossos sonhos, mas também histórias de vida e isso é maravilhoso!
      Beijo

      ResponderExcluir
    2. Oi Marco Antônio, tudo bem com você?
      Eu ainda não li o livro, mas como sou fã das obras do autor, estou pensando seriamente em realizar essa leitura.
      Bjkas

      http://www.acordeicomvontadedeler.com/

      ResponderExcluir
    3. Oii Marco.
      Se tem uma coisa que eu adoro em fantasias são livros que tenham essa pegada realista em seus personagens.
      Amei o post.
      Beijos.

      Blog: Fantástica Ficção

      ResponderExcluir
    4. Oi Marco,

      Estou vendo muitos elogios sobre esse livro, confesso que a história não me atraiu a ponto de ler, mas não descarto para uma leitura futura.
      Bjs e uma boa semana!
      Diário dos Livros
      Siga o Instagram

      ResponderExcluir
    5. Oi Marco, tudo bem?
      A ambientação do livro não me chama tanto a atenção, mas aposto que a disputa entre os personagens dá pano pra manga e muito desenvolvimento. =)
      Beijos,

      Priih
      Infinitas Vidas

      ResponderExcluir
    6. Gostei da resenha Marco. Só ouço elogios a respeito deste e parece ser uma ótima aventura. Abraço!

      www.newsnessa.com

      ResponderExcluir
    7. Oi, Marco

      Eu fiquei com tanta vontade de solicitar esse livro, mas como foge muito do que eu costumo ler preferi deixar para comprar para ler sem pressa.
      Gosto bastante dessa atmosfera mais inóspita, deserta, então talvez eu aprecie a leitura!

      Beijos
      - Tami
      https://www.meuepilogo.com

      ResponderExcluir
    8. Olá, Marco.
      Eu sou muito fã do autor. Comecei a ler seus livros quando virei sócia da biblioteca aqui da minha cidade e li todos que tinha dele lá hehe. Por isso e por ser de dinossauros eu já quero muito ler ele. E sua opinião só me deixou mais curiosa porque adoro livros assim que a gente não consegue largar.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    9. Não conhecia esse livro, agora ele já está na minha grande lista de "quero ler"
      www.blogsereiando.com

      ResponderExcluir
    10. Oi Marco, tudo bem?
      Ainda não li nada do autor, mas gosto de tramas com aventuras. Dica anotada!!

      *bye*
      Marla
      https://loucaporromances.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    11. Oi Marco tudo bem?
      Nunca li nada do autor, mas ele tem muitos fãs, quem sabe algum dia consiga ler algo.
      Ótima dica de leitura!
      Abraço

      Divagando Palavras
      www.divagandopalavras.com

      ResponderExcluir
    12. A história parece ótima mas não sei se teria paciência para ler, porque curto mais filmes no estilo mesmo.

      ResponderExcluir
    13. Oi Marco,
      Que capa legal.
      Eu adoro os filmes de Jurassic Park - os antigos - então, super daria uma chance para a leitura e quero ler o adaptado tb!

      até mais,
      Nana - Canto Cultzíneo

      ResponderExcluir
    14. Oi, Marco! Olha eu aparecendo por aqui, finalmente! Rs.
      Também nunca li nada desse autor, e fiquei surpresa porque ainda não conhecia esse livro. Acho toda essa atmosfera à la indiana jones espetacular. Amo os filmes de Jurassic Park, então não vejo a hora de ler as obras do autor e conhecer mais sobre o universo. Adorei a proposta dessa outra história também, com certeza ficarei de olho nela a partir de agora. Beijos!
      http://abducaoliteraria.com.br/

      ResponderExcluir
    15. Oi, Marco!
      Eu adoro a capa desse livro. Já vi algumas resenhas sobre ele e vi que a maioria das pessoas gostaram da proposta e ficaram com vontade de ler mais do autor. Não sei se leria, apesar de todas as opiniões positivas.
      Beijinhos,

      Galáxia dos Desejos

      ResponderExcluir