• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • Mundo Sem Fim - Ken Follett - Editora Arqueiro!!







    Neste livro temos a história de Gwenda (mas não apenas dela), uma menina pobre vivendo no século XIV em Kingsbridge, uma cidade da Inglaterra comandada pela igreja católica, que para não deixar sua família passar fome aprendeu a roubar.
    Aos oito anos de idade, no dia de todos os santos, Gwenda e sua família vão para a Catedral. Lá ela conhece Caris, uma menina de família rica, além de Merthin e Ralph, que são de família de cavaleiros, mas vivem de caridade dos Monges.
    Como não podia ser diferente, ao se conhecerem os quatro resolvem brincar juntos na floresta, pois Merthin queria lhes mostrar suas habilidades com o arco e flecha, o que eles não esperavam, era que seriam testemunhas de um fato que os ligaria para sempre.
    Como sabiam dos perigos que corriam, as quatro crianças resolvem fazer um pacto para que nunca contassem o que testemunharam a ninguém, contudo, Merthin testemunhou um ponto mais sério, algo que além de colocar a vida dos quatro em risco, também mudaria a história da Inglaterra, de toda forma, manteve esse segredo para si, e as demais crianças nem imaginavam do que Merthin sabia.

    O tempo passa e dez anos depois Caris era ajudante de seu pai, inteligente e determinada. Merthin ajudante de carpinteiro, que conseguiu seu reconhecimento ao longo dos anos. Ralph um cavaleiro ambicioso, valente e até sanguinário, sem limite para ter um desejo satisfeito, e Gwenda que apesar de ainda ter uma história de pobreza, estava sempre à procura de uma vida melhor e se vê apaixonada por Wulfric, um camponês que era noivo de outra bela moça. Além disso, Merthin e Caris possuem um namoro às escondidas, sendo que amor deles passa por diversas e difíceis provações no decorrer do livro.

    Acompanhamos a história de Kingsbridge e dos quatro jovens por volta de quarenta anos e temos bons trechos que envolvem guerra, amor, desejo, egoísmo, ganancia, etc.

    Apesar de ter novecentas e quarenta e uma paginas o livro não é chato ou cansativo, muito pelo contrario, envolve o leitor numa mistura de sentimentos do começo ao fim

    A história não fica em torno, e não possui somente os quatro personagens, na história também temos o asqueroso Godwyn, que apesar de ser fiel à igreja busca apenas o poder, e outros personagens que causam amor e ódio.

    Mundo sem fim é livro que faz refletir sobre a religião, objetivos, justiça, que possui trechos fortes e impacta a vida do leitor. Um livro mais que recomendado.













    Segue abaixo a sinopse do livro:












    Sinopse: Mundo Sem Fim - Ken Follett








    Uma guerra que dura cem anos. Uma praga que devasta um continente. Uma rivalidade que pode destruir tudo. 
     Na Inglaterra do século XIV, quatro crianças se esgueiram da multidão que sai da catedral de Kingsbridge e vão para a floresta. Lá, elas presenciam a morte de dois homens. Já adultas, suas vidas se unem numa trama feita de determinação, desejo, cobiça e retaliação. Elas verão a prosperidade e a fome, a peste e a guerra. Apesar disso, viverão sempre à sombra do inexplicável assassinato ocorrido naquele dia fatídico. 
     Ken Follett encantou milhões de leitores com Os Pilares da Terra, um épico magistral e envolvente com drama, guerra, paixão e conflitos familiares sobre a construção de uma catedral na Idade Média. Agora Mundo Sem Fim leva o leitor à Kingsbridge de dois séculos depois, quando homens, mulheres e crianças da cidade mais uma vez se digladiam com mudanças devastadoras no rumo da História.










    28 comentários :

    1. Ainda não li nada do autor, mas tenho muita curiosidade sobre Pilares da Terra.

      Abraços!

      ResponderExcluir
    2. Oi, Marco!!

      Estou super curiosa para ler esse livro. Me parece muito interessante.
      Ainda mais por acompanhar 40 anos na vida dessas pessoas.

      Parece ser um romance histórico muito bom e espero ter a chance de lê-lo em breve!

      Bjs!

      livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    3. Oi Marco!
      Não conhecia o livro, e admito que não me interessei tanto, mesmo assim, ótima resenha mais uma vez. :)
      beijos ♥
      nuclear--story.blogspot.com | Sorteio A Rainha Vermelha

      ResponderExcluir
    4. Oiii Marco, tudo bem???
      Adorei a resenha. Tenho bastante vontade de conferir esta história. Mas confesso que o número de páginas me desanima. Tenho horror a livros imensos hahahhah . Mas quem sabe um dia eu dou uma chance né?
      Beijooos
      http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    5. Oie Marco,
      Não conhecia o livro e confesso que pela capa não leria, mas adorei sua resenha, o livro parece ser muito bom.

      bjos
      http://blog.vanessasueroz.com.br

      ResponderExcluir
    6. Estou louca pra ler Mundo sem fim. E apesar de ser independente, ainda queria começar com Pilares da terra.
      Num bom livro, mtas páginas nunca é demais.
      Abraços.

      http://www.caprichosbyneli.com

      ResponderExcluir
    7. Oi Marco, tudo bem?
      900 páginas? Eita, que livro grande...
      Gostei muito da sua resenha, nos dá a dimensão exata do que esperar da história.
      Abraço.
      Lia Christo
      www.docesletras.com.br

      ResponderExcluir
    8. Oi Marco!
      Já ouvi falarem muito bem dos livros do Ken Follett, mas pelo que já vi das sinopses, não parecem muito meu estilo... a história deste parece interessante, e pela sua resenha a história não é cansativa, mas não sei se um dia teria coragem de começar a ler! Afinal, são mais de 900 páginas, né... o.O
      Bjus, adorei a resenha!
      Paty Algayer - Mágica Cult

      ResponderExcluir
    9. Oi, Marco, tudo bem?

      Nossa, não sabia que o livro era tão grande! Mas gostei muito da história, que por sinal, não conhecia...só conhecia o livro de nome mesmo. Deve ser interessante o passar desses 40 anos.
      Se eu estou empacada dos livros do titio George, imagina nesse! hahaha Mas acho que dá pra ler aos pouquinhos.

      Beijo
      - Tamires
      Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

      ResponderExcluir
    10. Gente, não parece ser um livro tão grande! Gostei bastante da premissa do livro e pretendo lê-lo sim! Ótima resenha!
      Beijos,
      Luana Agra - Sector 12 - http://sector-12.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    11. Gostei da resenha Marco. Parece ser uma ótima fantasia, principalmente por ter este cunho religioso. Abraço!

      wwww.newsnessa.com

      ResponderExcluir
    12. OI Marco, ainda não li nada do Ken Follet, acredito que falta oportunidade mesmo, mas não descarto a possibilidade.

      Beijos,
      Joi Cardoso
      Estante Diagonal

      ResponderExcluir
    13. Oiee
      Nunca li nada do autor, mas gosto bastante de livros que fazem refletir sobre religião.
      Beijinhos Screepeer
      Screepeer

      ResponderExcluir
    14. Omg nunca li nada do autor e confesso que 941 páginas me assusta um pouco, mas parece ser bem interessante. Um desafio. Ótima resenha :)
      http://gordicesliterarias.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    15. Olá Marco, tudo bem?
      Não conhecia o autor ainda, más fiquei muito interessada pela estória e depois de sua resenha maravilhosa ele está na minha lista com certeza!
      Beijocas; *

      http://mundodosonhos2.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    16. Caramba Marcos... Que livro!!!!
      Gente!! Quero!!!
      Eu fiquei com medo dele quando vi na livraria, por causa do tamanho mesmo, mas agora o medo passou totalmente.
      Me envolvi na resenha, imagine como será no livro?!?!?!

      Adorei mesmo!

      Bjks

      Lelê

      ResponderExcluir
    17. Gosto muito de histórias assim e fiquei muito curiosa para conhecer melhor sobre esses personagens =D Quero muito este livro! Vai para minha lista.

      refugiorustico.com.br

      ResponderExcluir
    18. Olá,
      O livro parece ser super bacana, todos elogiam muito esse autor e eu ainda tenho vontade de conhecer seu trabalho.
      Beijos.
      Nasci Gabriela - www.nascigabriela.com.br

      ResponderExcluir
    19. Eu amooo Ken Follett, você não tem ideia do quanto, foi por causa desse autor que me apaixonei por historias de guerra, suspense, espionagem e jogo político. Comecei a ler suas obras ainda na adolescência (isso porque não tinha mais livros na biblioteca que frequentava na área infanto juvenil que já não tivesse lido). Um dos primeiros foi Triangulo, já leu?. Este da renha ainda não li mas já tá na lista!!!
      bjoss
      www.gizahcastro.com

      ResponderExcluir
    20. Saudações, Marcotonho!

      Como sempre os livros de Follet com histórias bastante interessantes e com o poder de cativar o leitor a cada oportunidade. Sua resenha me deixou bastante interessando e lê-lo algum dia, ficou muito bacana.

      Até o próximo contato, cambio e desligo!
      Ace Barros
      Capitão do drakkar Interlúdio, navegando pelo Multiverso X
      multiversox.com.br

      ResponderExcluir
    21. Oi, Marco!
      Você realmente adora o autor, né? Percebo que cada livro que você dele sempre tem muitos elogios. E que bom! Quero muito ler essa série do autor. Parece ser muito boa.
      Abraço!

      "Palavras ao Vento..."
      www.leandro-de-lira.blogspot.com

      ResponderExcluir
    22. 940 página é muito grande para ler em tempo hábil, por conta da parceria. Mas gostei bastante do enredo, compraria o livro tranquilamente.

      ResponderExcluir
    23. Olá!
      Também gostei muito do livro e não achei cansativo apesar das quase 1000 páginas. Adorei a ideia da editora em separa-lo em dois, assim cansa menos para ler.
      Bjs

      EntreLinhas Fantásticas - SORTEIO HARRY POTTER NO NOSSO FACEBOOK

      ResponderExcluir
    24. Parece ser uma história interessante e cheia de conflitos e segredos.
      Gosto muito desse tipo de livro, tirando a parte de alguns serem gananciosos e só pensarem em poder, eu tenho vontade de ler.
      Amei a resenha.

      ResponderExcluir
    25. Por ser um livro grande, que aborda um tema que não costuma me interessar, não que eu não goste de livro que falam sobre a religião, mas a forma como esse aborda, de maneira maciça, sobre poder e segredos, talvez não seja algo que vai desperta prazer, na leitura, mas para quem gosta e uma boa indicação.

      ResponderExcluir
    26. Olá.
      Ainda não tive a oportunidade de ler nada do autor, mas quero muito! Sempre leio ótimas resenhas e comentários a respeito de suas obras, então, pretendo adquirir alguns livros em breve. Gostei muito da resenha. Dica anotada.
      Abraços.

      ResponderExcluir
    27. Oláa! Wow, é um livro bem grandinho e é simplesmente ótimo que isso não interfira de forma alguma. O enredo não me chamou muito a atenção, mas gosto muito de estórias que abordem tantos assuntos importantes e tragam tantas reflexões, então acho que leria também. Ótima resenha!

      ResponderExcluir
    28. Marco!
      Os livros do autor são sempre bem desenvolvidos e mesmo com essa quantidade de páginas, imagino que seja uma leitura boa e que nem percebamos...
      Tenho o livro aqui e espero poder ler no próximo ano.
      “Não pedi coisas demais para não confundir Deus que à meia-noite de ano novo está tão ocupado.” (Clarice Lispector)
      FELIZ 2017!
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

      ResponderExcluir