• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • Entrevista com a autora Marli Carmen!!!!

    Olá Pessoal!!!



    Hoje trago uma entrevista muito especial, com a grande escritora Marli Carmen, autora do livro "Amazônia - Um Caminho para o Sonho".






    Marco, obrigada pelo seu imenso apoio e carinho de sempre. Respondi a sua belíssima entrevista com todo meu amor, respeito e amizade.

    Entrevista Marco Antônio.

    1-    Fale um pouco da M.C.Jachnkee.
    Bem, sou uma pessoa tranquila e luto diariamente para ver meu sonho uma realidade diante de meus olhos. Amo poder escrever e me esforço para oferecer algo, sempre melhor, para os leitores.  Tenho uma vida simples e sou feliz.

    2-    Quais são suas influências literárias e quais os autores favoritos?
    Humm, não vejo alguma influência literária na minha escrita, ou até mesmo na ideia dos meus livros. Já os autores que eu gosto são Veríssimo, Lispector, Flaubert, Austen, Anne Fortier, Samanta Holtz, Keila Gon, entre outros.

    3-    Como surgiu a ideia de escrever o livro. O assunto principal sempre foi a Amazônia?
    A ideia surgiu do meu amor pela floresta. Lembro de estar viajando com a escola para o Rio Grande do Sul e ter comprado uma revista, lá tinha algo que mencionava a Amazônia e naquele instante foi que eu pensei: “– Um dia, escreverei um livro sobre a Amazônia.” Na época, eu tinha 15 anos. 
    Sim, o assunto principal sempre foi a Amazônia.

    4-    Hoje sempre que falam da Amazônia eu lembro do seu livro e de coisas que aprendi com ele, acho que acontece com muitos de seus leitores, como você se sente em relação a isso?
    Nossa! Eu me sinto realizada! Eu queria muito, através do meu livro: “Amazônia- Um Caminho para o Sonho,” levar conhecimento para o leitor. Mostrar uma Amazônia que, possivelmente, muitos ainda não conhecem, mas passam a conhecer através da minha história.

    5-    Quais são as maiores dificuldades que o escritor tem para lançar um livro no Brasil?
    Essa é uma pergunta difícil, pois vai do que cada um deseja e espera para aquele momento da sua carreira. Por exemplo: você pode achar que um não é terrível, mas pode ser apenas uma excelente oportunidade de você amadurecer sua escrita. Coisas do tipo, sabe? Eu cansei de pensar em dificuldades, hoje estou mais focada em criar oportunidades.

    6-    Como foi que surgiu o desejo de ser escritora? Sua família apoiou?
    O meu desejo por ser escritora nasceu durante a escrita de “Amazônia”. Foi aí que eu percebi que é algo que eu desejo para a minha vida.
    Sim, minha família sempre apoiou. Sou imensamente grata a eles que me dão força para seguir lutando e sonhando novos sonhos.

    7-    Quanto tempo você levou para escrever o livro?
    Bem, entre pesquisa e escrita foram alguns longos anos, mas apenas a escrita foi um ano, escrevendo todos os dias quando eu chegava do trabalho. 

    8-    Qual o seu personagem favorito? E tem algum que tem características iguais as suas?
    Ahh!  Imagina se eu digo o nome de uma, a outra salta em cima de mim querendo saber a razão da minha escolha e tal. Melhor eu não despertar o ciúmes delas, não acha? (risos)
    Quanto às características, eu acredito que cada uma das meninas tem um pouco de mim, na época em que eu escrevi a história. 

    9-    A cidade de Fordlândia me impressionou bastante, eu não tinha o mínimo de conhecimento dela, você já conhecia? E qual cidade da Amazônia você moraria?
    Fico feliz que tenha te impressionado, a cidade merece nosso olhar. Bem, quando eu estava criando o roteiro pelo qual os personagens passariam na Amazônia, assisti em um programa, uma matéria sobre Fordlândia. Eu achei fabuloso e busquei no mapa para ver se poderia incluí-la na história. Foi assim que eu, com muita persistência, consegui chegar até lá e conhecer a incrível história para colocar no livro para vocês.  Humm, sobre viver... as cidades são encantadoras, mas Parintins pereceu-me interessante para viver. 

    10- Existe um clima entre a Rafaela e Daniel, o romance irá florescer, finalmente, no segundo livro?
    Ah, essa eu não respondo. Sou malvada e deixarei que vocês leiam o livro para saber. (risada maquiavélica)

    11- Sabemos que haverá um segundo livro, fale um pouco sobre ele.
    Sim, o segundo livro é, na minha humilde opinião, o mais lindo que eu escrevi até hoje.  O enredo se passa nos Andes peruanos, uma região linda do nosso planeta. Realmente encantadora, assim como o livro está.   Espero que os leitores se emocionem tanto quanto eu me emocionei escrevendo e relendo.  Escrevi com grande dedicação, não apenas na pesquisa, mas na escrita em si e no desenvolvimento da trama. 

    12- Ultimamente as redes sociais, blogs e afins ajudam muito na divulgação de livros, isso aconteceu com você? Fez boas amizades e conheceu alguém?
    Sim, aconteceu comigo. Vários blogueiros ajudam na divulgação do meu trabalho. Nesse sentido, eu sempre fui bem recebida. Conheci muitas pessoas especiais, uma delas é você Marco. Que sempre tem apoiado o meu trabalho e sinto-me imensamente grata. Obrigada.

    13- Existe alguma ajuda ou colaboração entre os autores?
    Pelo que eu vejo na net, existe certa ajuda entre escritores e parece que funciona muito bem.  

    14- Deixe um recado para os leitores do blog.
    Queridos, acreditem nos seus sonhos. Levam tempo e muita dedicação, mas chegam para todos que persistem com fé.
    Beijos no coração e obrigada pelo carinho.



    Sobre a autora:

    M. C. Jachnke é autora do livro: Amazônia- um caminho para o sonho. Concluiu o Curso de Letras e prepara o segundo volume da série. Natural de Blumenau- Santa Catarina, vive atualmente em Ascurra, um município acolhedor e tranquilo de cultura predominantemente italiana Para escrever esta obra foi necessária uma extensa pesquisa e a convivência com os habitantes da região Norte do Brasil. A partir daí, pôde desenvolver os personagens e a trama. Buscando aprimorar ainda mais seu conhecimento de mundo, M. C. Jachnke viveu durante um ano em Cusco, no Peru, obtendo assim fluência no espanhol e aprimorando seu saber sobre a cultura andina.


    Sinopse:



    Em "Amazônia - um caminho para o sonho", os personagens são de Ascurra e em busca de uma mudança na vida, partem para a maior Floresta Tropical Úmida do Mundo. Da majestosa Manaus dos Barões da borracha, passando pela festeira Parintins, subindo o rio Tapajós ao encontro de Fordlândia- a cidade americana construída em meio à selva até a Belém dos índios Tupinambás que observaram a chegada dos conquistadores na Baía. Eles precisarão se adaptar e encarar realidades diferentes. Irão conhecer muito dos pontos turísticos e também da história da região norte do Brasil. É um livro que traz muita informação histórica e de uma maneira sutil vai-se apresentando os personagens e a trama.



    Muito obrigado Marli pela entrevista cedida a meu blog.
    Te desejo muito sucesso!!!!!!!



    24 comentários :

    1. Olá Marli,

      Gostei demais da entrevista e agradeço imensamente pela oportunidade e pela nossa parceria.
      Uma grande abraço, sucesso hoje e sempre!!
      Beijos!

      ResponderExcluir
    2. Ela é muito gente fina né. Nunca li o livro, mas as opiniões favoráveis são infinitas, então não tenho dúvida de que é excelente.
      Achei legal ela dizer que levou alguns anos para concluir a escrita, isto mostra que foi bem embasado e com pesquisas detalhadas.

      Parabéns pela entrevista.

      Um beijo, Van - balaiodelivros.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    3. Marco, que alegria estar sempre aqui no seu blog. Você é uma pessoa muito especial pra mim. Obrigada, mais uma vez. Beijinhos para você e sua linda família.
      Amei, amei, amei.
      http://marlicarmenescritora.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    4. Não conhecia a autora nem o livro ;) Mas ja vi algumas criticas positivas. é muito bacana a sinceridade de certos autores, tenho certeza que foi uma escrita muito bem feita e não foi algo corrido ou forçado.

      Conheci teu blog atraves do blog da Kel Araujo. Estou te seguindo se quiser nos conhecer será muito bem vindo.

      Beijos Joi Cardoso
      Estante Diagonal

      ResponderExcluir
    5. Oie!

      Muito bom conhecer um pouquinho mais sobre a autora.
      Eu curti muito ler Amazônia.

      Beijos

      ResponderExcluir
    6. Caramba! Faz tempo que eu não leio um post com uma entrevista.

      Que sobrenome diferente da autora >.<

      Gostei de saber que a autora não vê influência literária na escrita dela, soa como algo diferente, despido de "modinha", gostei! Fiquei curiosa >.<

      Infelizmente, os brasileiros não conhecem muito a respeito da Amazônia (se duvidar, os estrangeiros conhecem bem mais e.e). Esse tema ainda vai dar o que falar.

      "Eu cansei de pensar em dificuldades, hoje estou mais focada em criar oportunidades." Essa frase foi profunda e carregada de realidade, vou até anotar hehehe

      Geralmente quando se fala na Amazônia, imaginamos aquela floresta enorme, mas não é bem assim e.e É vergonhoso até para mim falar sobre essa falta de conhecimento e.e Algo tão importante deveria estar na ponta da língua.

      A autora é natural de Blumenau! Catarinense! Que emoção >.< Fiquei feliz!!!! Alguém natural daqui (SC) o/

      Vou bisbilhotar nas redes para saber mais da obra o/

      Adorei a entrevista!

      Beijos
      Babih Hilla
      http://revolucionandogeral.blogspot.com

      ResponderExcluir
    7. Oi Marco,
      A Marli também é parceira do meu blog e é uma querida.
      O livro é ótimo e estou ansiosa para ler o próximo.
      bjs

      http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    8. Oi
      Adorei a entrevista, ficou 10
      Beijinhos
      Renata
      Escuta Essa

      ResponderExcluir
    9. Muito bacana a entrevista Marco. Tão importante quanto conhecer uma nova obra é conhecer a cara e a carga por trás dela. Ficou muito bacana isso aí, traga-nos mais \o/

      Multiverso X

      ResponderExcluir
    10. Adorei a entrevista, a escritora é bem bacana, pelo menos parece rsrs
      Amo entrevista conhecer os autores é super bom
      brubs
      http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    11. Ahhhh
      Eu acho a Marli uma linda!
      Ainda não li Amazônia, mas acompanho a vida dela como escritora pelo Facebook. Ela é muito simpática e tem esse amor infinito pelo o que é natural. Adoro!!!!
      Entrevista maravilhosa!!

      bjus
      terradecarol.blogspot.com

      ResponderExcluir
    12. Oi!
      Adoro entrevistas com escritores!
      Seguindo seu blog!
      Bjs, Lu
      http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    13. Oie Marco,
      Tive a oportunidade de ler Amazônia e achei linda a história, principalmente defendendo a nossa floresta que hje precisa de tantos cuidados...

      bjos

      http://blog.vanessasueroz.com.br

      ResponderExcluir
    14. Oi Marco! Adorei ver a Marli Carmen sendo entrevistada. Faz tempo que acompanho a divulgação do livro dela nas redes sociais e ainda pretendo adquirir meu volume, pois li muitas resenhas positivas e a autora é muito simpática e atenciosa com seus leitores.
      Um abraço!

      ResponderExcluir
    15. Não conhecia a autora e seu livro, mas ambos pareceram ótimos.
      Espero ter a oportunidade de ler futuramente.
      Até mais.
      http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    16. Marco, amei a entrevista!
      Acho a Marli muito simpática e morro de curiosidade de ler Amazônia pelos muitos comentários positivos a respeito dele.
      Ri muito com ela não revelando se vai engatar romance ou não. rs Até sendo "malvada" ela é fofa. rs
      Beijão
      Coisas de Meninas

      ResponderExcluir
    17. Muito legal entrevista com autora Marli, ela é muito inteligente, adorei o livro dela!

      Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

      ResponderExcluir
    18. Parabéns pela entrevista Marco! Já li o livro da Marli Carmem, Amazônia, e curti bastante. Abraço!

      www.newsnessa.com

      ResponderExcluir
    19. Oi, Marco, tudo bem?

      A Maili é uma simpatia de pessoa, né? Ela é uma autora super generosa. Adorei a entrevista. E ler Amazônia é querer pegar o primeiro voo para o norte do país

      beijos
      Kel
      www.porumaboaleitura.com.br

      ResponderExcluir
    20. Oie Marco e Marli,

      Ela é uma simpatia né. Não a conheço, mas só de ler a entrevista dá pra ver que é uma pessoa simples, e muito simpática.
      Gostei muito da entrevista. Quero muito ler Amazônia, e imaginar que no segundo livro terá um romance já me deixa mais curiosa.
      bjos
      www.mybooklit.com

      ResponderExcluir
    21. Li esse livro já e achei ele bem informativo, com detalhes sobre a Amazônia que eu não conhecida. A autora foi bem simpática, gostei da entrevista.

      Bjs, @dnisin
      www.seja-cult.com

      ResponderExcluir
    22. Que autora querida!!!! Gamei nela (rs).
      Não conhecia o livro, mas me interessei. Sabe que é difícil abordarem temas como os que ela ousou trazer? Eu acho uma pena que, sendo tão urbanos, nós nem saibamos das dificuldades que as nossas florestas enfrentam.
      Adorei saber que ela, desde os 15 anos, tinha a ideia de escrever algo sobre a Amazônia… Isso apenas revela o quanto os valores pessoais dela a guiaram na escrita o livro. Desejo lê-lo ainda mais depois de saber disso.
      Desejo sucesso à autora e ao blog, sempre!

      http://www.myqueenside.blogspot.com

      ResponderExcluir
    23. que bacana conhecer mais da autora e da sua obra e as peculiaridades
      http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir