• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • Feliz Ano Velho





    Este é mais um livro que resenho aqui no blog que é autobiográfico, Feliz Ano Velho, escrito por Marcelo Rubens Paiva, na época em que tinha 20 anos de idade.
    O livro se inicia com ele, então bêbado, curtindo o dia com alguns amigos, até que resolve dar um salto estilo Tio Patinhas no lago, sem observar que era raso, bateu a cabeça, fraturou a quinta vértebra cervical e assim ficou tetraplégico.
    A partir desse acontecimento, começa a relatar os dias de sofrimento no hospital, sobre as visitas de familiares e amigos, enfermeiros e sua recuperação, mas ao mesmo tempo, conta a sua história antes daquele triste acidente, da sua infância, da sua adolescência, amigos, mulheres, suas aventuras como músico e muitas outras coisas. Marcelo também relata a época da ditadura, da qual faz críticas; pois um belo dia os militares invadiram a sua casa e levaram o seu pai que ficou desaparecido, sem ninguém saber se estava vivo ou morto.
    É fato que o livro trata-se da tragédia que ocorreu na sua vida, mas ele relata todos os acontecimentos com bastante humor e irreverência, o linguajar pode não agradar a muitos; pois é cheio de palavrões, mas isso não afeta em nada no contexto geral.
    É um livro que com certeza eu recomendo e que fará o leitor refletir muito, não só no decorrer da leitura, mas durante muitos dias.


    Segue abaixo sinopse do livro:



    Sinopse - Feliz Ano Velho - Marcelo Rubens Paiva



    A partir do acidente que sofreu ao dar um mergulho e bater a cabeça, Marcelo vê sua vida mudar radicalmente. Seus dias no hospital, as visitas que recebeu, as histórias que viveu são relatadas sob uma nova perspectiva: a de um jovem que sempre fez tudo o que podia e queria, e que, agora, sentado em uma cadeira de rodas, vê-se impotente diante dos acontecimentos, dependendo da ajuda de amigos e familiares para reaprender a viver.

    10 comentários :

    1. Oi Marco!
      Olhei no meu blog, achei que se tratava de alguma retrospectiva do seu blog rs
      O livro parece ser interessante, não conhecia.
      Boa dica!
      bj

      ResponderExcluir
    2. Olá Adriana,
      KKKKk,é um livro muito bom, apesar da triste tragédia.
      Abraços!

      ResponderExcluir
    3. Oi Marco...esse é um tipo de livro que me agrada ler!
      Bjks

      ResponderExcluir
    4. Olá Marli,
      E se tiver oportunidade irá gostar muito, excelente livro.
      Abçs.

      ResponderExcluir
    5. Olá Marco, tudo bem?

      Confesso que livro biográficos não me chamam atenção. Sempre tive curiosidade por alguns mas nunca comprei. Os poucos que li, fiquei com péssima impressão. Mas uma história como a de Paiva pode ser mais legal. Um fato trágico que surge de uma brincadeira e muda uma vida. Quem sabe não mude minha visão de biografias (ou autobiografias) com este livro. Obrigado pela dica!


      ~.~
      Beijo!
      http://janinestecanella.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    6. Até hoje só li uma autobiografia, mas gostei muito. Acho que o gênero, quando bem escrito (e quando, de fato a vida da pessoa é diferente da nossa) é muito bom fazer a leitura. Claro, não sou aquela fã de autobiografias, mas aprecio. Não conhecia este livro, mas, para mim, o livro parece ser bem interessante. O título é bem diferente do comum e quando o li, antes de ver sua resenha, pensei que falasse sobre o final do ano, em si. rs'


      Beijinhos, Amanda Cristina.
      www.primeiro-livro.com

      ResponderExcluir
    7. Tenho esse livro aqui em casa e já comecei a ler, porém parei no segundo capítulo por falta de tempo e depois nunca mais peguei para ler... A princípio, eu gostei do livro! Então como eu não terminei de ler, tenho que terminar para dar a minha opinião final, né? Ahahaha

      Beijos!

      ResponderExcluir
    8. Olá Milena,

      Então passou da hora de ler esse livro hein..kkk..tenho certeza que irá gostar muito...abçs.

      ResponderExcluir
    9. Esse livro é realmente muito bom! Li há vários anos atrás. Acho que vou reler agora...

      ResponderExcluir
    10. Olá Cynthia,
      Li esse livro faz um bom tempo também, é muito bom, vale muito a pena reler.

      Abçs.

      ResponderExcluir