• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • A Mulher Na Janela - A.J. Finn - Editora Arqueiro!


    Sinopse


    Anna Fox mora sozinha na bela casa que um dia abrigou sua família feliz. Separada do marido e da filha e sofrendo de uma fobia que a mantém reclusa, ela passa os dias bebendo (muito) vinho, assistindo a filmes antigos, conversando com estranhos na internet e... espionando os vizinhos. Quando os Russells – pai, mãe e o filho adolescente – se mudam para a casa do outro lado do parque, Anna fica obcecada por aquela família perfeita. Até que certa noite, bisbilhotando através de sua câmera, ela vê na casa deles algo que a deixa aterrorizada e faz seu mundo – e seus segredos chocantes – começar a ruir. Mas será que o que testemunhou aconteceu mesmo? O que é realidade? O que é imaginação? Existe realmente alguém em perigo? E quem está no controle? Neste thriller diabolicamente viciante, ninguém – e nada – é o que parece. "A Mulher Na Janela" é um suspense psicológico engenhoso e comovente que remete ao melhor de Hitchcock.




    Resenha:


    Anna Fox é uma psicóloga infantil que depois de sofrer um grande trauma começou a sofrer de agorofobia, que é um transtorno psicológico que está fortemente ligado a ataques de pânico, esse transtorno consiste em um medo mórbido de se achar sozinho em grandes espaços abertos, tráfego viário, centros comerciais ou simplesmente qualquer situação em que a pessoa se encontre fora do local de residência, por esse motivo Ana não sai de casa há mais de 10 meses.

    Anna vive sozinha com seu gato Punch numa casa enorme, ela está separada do marido Ed e de sua filhinha Olivia, as únicas pessoas que as vezes frequentam a sua casa são terapeutas, Dr. Fielding, Bina, a fisioterapeuta, e David, seu inquilino do porão. Ela passa os dias bebendo muito vinho, mas mistura com os seus remédios controlados, assiste vários filmes antigos, conversa com estranhos no site Ágora, especializado em pessoas que têm a mesma síndrome, joga xadrez online e vive observando seus vizinhos através das janelas com o auxilio de sua câmera Nikon D5500 com uma lente Opteka que não deixa passar nada.
    O bairro onde mora é relativamente divertido para ela e as lentes da sua câmera, de lá ela consegue acompanhar a movimentação de cinco casas, bisbilhota das suas janelas, observa a família dos Millers, a dos Wassermans, a dos Grays e dos Takedas. Mas depois da chegada da família Russell sua rotina muda totalmente, Alistair, Jane e seu filho Ethan, Anna descobriu que Alistair é sócio de uma empresa de consultoria de porte médio, mas não sabe nada da sua esposa Jane e do seu filho adolescente, eles parecem ser a família a perfeita.
    Anna acaba ficando obcecada pela família Russel, ela vive todos os dias observando eles e sua rotina, mas certo dia ela testemunha um crime na casa dos Russels que a deixa aterrorizada, mas na tentativa de poder ajudar acaba sendo desacreditada pois somente ela viu o crime. Será que aquilo que ela viu é verdade? Ou é apenas uma paranoia de sua cabeça já complicada e cheia de vinho e remédios controlados?
    A trama é narrada em primeira pessoa e a todo o momento ela leva o leitor a descobrir mais da vida das pessoas envolvidas e principalmente saber o que aconteceu com a vida da Anna, fica muito difícil de acreditar que tudo foi real, principalmente quando todos os envolvidos de certa maneira provam que tudo não passou de uma ilusão criada por uma mente embriagada, mas será que realmente é uma ilusão, em vários momentos da leitura mudei de opinião, conforme avançamos na leitura a história fica mais tensa.
    O autor A.J.Finn conseguiu criar um suspense psicológico incrível, um thriller sensacional cheio de reviravoltas e de tirar o fôlego, o final é surpreendente, para os fãs do gênero é uma leitura obrigatória.  




    Book trailer:







    Sobre o autor :


    Formado em Oxford, A.J. Finn é ex-crítico literário e já escreveu para  diversas publicações, incluindo Los Angeles Times, The Washington Post e  The Times Literary Supplement. A Mulher Na Janela, seu primeiro  romance, foi vendido para 36 países e está sendo adaptado para o cinema  numa grande produção da 20th Century Fox. Natural de Nova York, Finn  viveu por dez anos na Inglaterra antes de voltar para sua cidade natal,  onde mora atualmente.  











     



    10 comentários :

    1. Este é um dos livros que mais desejo ler nos últimos dias! Apesar da comparação com A Garota no Trem, Anna é o tipo de personagem que mesmo na fraqueza, ainda se mantém forte e por gostar dessa brincadeira gostosa de não saber o que é real ou não,não vejo a hora de poder ler o livro.
      Mexer com o psicológico é coisa que poucos autores e autoras conseguem fazer e esse é o tipo de livro que faz isso.
      Beijo

      ResponderExcluir
    2. Olá!
      Estou curiosa para ler esse livro, a maior parte das resenhas que si são bastante positivas.
      Bjs

      EntreLinhas Fantásticas

      ResponderExcluir
    3. Oi Marco Antônio, tudo bem? Esse é um livro que estou doida pra ler. Quando li a ambientação e algumas resenhas, logo percebi que vou amar a leitura, pois é o tipo de livro em que questionamos tudo e ao mesmo tempo conseguimos sentir a solidão e o isolamento da protagonista.
      Parabéns pela resenha.
      Bjkas

      ResponderExcluir
    4. Gostei da resenha Marco. Parece ser um thriller maravilhoso! Abraço!
      www.newsnessa.com

      ResponderExcluir
    5. Oie Marco
      Eu quero muito ler este livro, já pedi para editora. O enredo parece ser muito bom e curioso.

      Beijinhos
      https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    6. Olá,

      Todo mundo está falando muito bem desse livro e da escrita do autor.
      Ainda não li, mas tenho muita vontade.
      Bjs!
      Diário dos Livros
      Siga o Instagram

      ResponderExcluir
    7. Oi, Marco!
      Esse livro está dando o que falar. Não ando lendo muito thrillers, mas estou disposta a dar uma chance a esse.
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir
    8. Oi Marco, tudo bem?
      Esse livro tem recebido bons comentários e pela sua resenha a proposta parece interessante. Quero lê-lo no futuro.

      *bye*
      Marla
      https://loucaporromances.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    9. Oi Marco!
      O livro parece interessante, mas é impossível não comparar com o filme Janela Indiscreta...

      Beijos,
      Sora | Meu Jardim de Livros

      ResponderExcluir