• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • A Chave de Rebecca - Ken Follett - Editora Arqueiro!






    A história se passa na Segunda Guerra Mundial no norte da África, no Cairo, onde existe uma rede de espiões em que soldados do exército inglês procuram ter uma posição dominante contra o exército alemão.Alex Wolff deve se infiltrar no Cairo, território inglês, através do deserto imenso, hostil e ardente do Saara e está encarregado em descobrir os planos britânicos, além de fornecer e transmitir informações a Rommelusando um código cuja chave está escondida nas páginas de Rebecca, o famoso romance de Daphne duMaurier, mas o Major Vandam tentará impedi-lo, William Vandam é o chefe de segurança dos Serviços Secretos Britânicos no Cairo, que vai a todo custo tentar capturar Alex Wolff.

    Para capturar Alex Wolff, William Vandamconta com a ajuda da encantadora Elene Fontana, uma jovem judia e egípcia que está ansiosa para ter uma nova vida na Palestina e que concorda fingir ser uma funcionária no supermercado favorito de Alex, tentando seduzi-lo para que Vandam o capture, mas não será nada fácil seduzir Alex Wolff, pois ele é completamente dedicado à sua missão, impulsionado por uma curiosa mistura de nacionalismo alemão, patriotismo egípcio e uma ambição pessoal esmagadora.
    A história é narrada em terceira pessoa, pelo ponto de vista dos dois protagonistas principais, ora acompanhamos as artimanhas de um sedutor e galã espião alemão, Alex Wolff, ora acompanhamos a perseguição do major William Vandam.
    Mais uma vez o autor Ken Follett nos presenteia com uma trama incrível, cheia de perseguições, suspense e reviravoltas, claro que um romance acaba surgindo para diminuir ou aumentar a tensão, não sei, mas a cada novo capítulo temos uma surpresa, existem diversos personagens secundários que contribuem muito para a trama, deixando-a ainda mais intrincada. Como sempre as descrições dos lugares são incríveis.Em certos momentos conhecemos algumas culturas distintas, como a Alemanha nazista, os gregos, ingleses, as elites urbanas egípcias e as tribos que habitam o deserto, beduínos, com suas diferenças étnicas.
    A capa é muito bonita e bem trabalhada, a leitura flui bem, não é o melhor livro do autor mas mesmo assim vale muito a leitura, recomendo com certeza.








    Segue abaixo a sinopse do livro:








    Sinopse: A Chave de Rebecca - Ken Follett







    Norte da África, Segunda Guerra Mundial. As tropas britânicas na região estão sofrendo perdas significativas. Não há dúvidas de que alguém está informando o inimigo sobre os movimentos e planos estratégicos do exército britânico.
    O espião é conhecido por seus compatriotas alemães como Esfinge, mas para todos os outros é o empresário europeu Alex Wolff. Após cruzar o deserto, ele chega ao Cairo, no Egito, munido de um rádio, uma lâmina letal e um exemplar do livro Rebecca, de Daphne duMaurier. Violento e implacável, ele está disposto a tudo para cumprir a missão que recebeu.
    Para isso, conta com a ajuda de uma dançarina do ventre tão inescrupulosa quanto ele.
    O único homem capaz de detê-lo é William Vandam, oficial da inteligência britânica que precisa desvendar o enigma do Esfinge para interromper o avanço dos nazistas.

    Ao mesmo tempo que os alemães chegam cada vez mais perto da vitória final, Vandam também se aproxima de seu adversário, da chave que revela o código escondido no livro – e do combate mortal...














    7 comentários :

    1. Oi, Marco!!

      Gostei de conhecer um pouco mais sobre essa obra. Eu tenho outro livro do Ken Follet aqui me esperando ainda porque simplesmente não consegui tempo para pegar e ler.

      Mas vou adicionar na lista de leituras, com certeza! Hahaha

      Bjs

      http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    2. Esse livro é bem famoso. Inclusive, minha mãe adora!!
      Adorei a resenha.

      Bjks

      ResponderExcluir
    3. Olá, tudo bem? Opa, falou de guerra eu já quero ler, hahaha. Adorei a resenha e fiquei bem curiosa para ler o livro, já quero!

      Beijos,
      Duas Livreiras

      ResponderExcluir
    4. Olá, Marco.
      Sempre que vejo alguma resenha dos livros do autor por aqui fico querendo ler os livros e nunca leio hehe. Mas esse ainda teve um ponto a mais para eu me interessar, o Cairo. É um dos lugares que mais tenho vontade de conhecer.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    5. Oi Marco, tudo bem?
      Eu sabia que você iria resenhar esse livro, sei como é fã do autor. Esse clima de espionagem, perseguições em um cenário maravilhoso só me deixam mais ansiosa. E essa tensão sobre conseguir a chave e desvendar o código??? Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
      beijinhos.
      cila.
      http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    6. Oi Marco! Eu não li nada do autor ainda, mas mesmo não sendo o melhor dele, parece ser um livro interessante. Gostei de saber mais da obra.

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante
      Sorteio A guerra que salvou a minha vida

      ResponderExcluir
    7. Gostei da resenha Marco. Aprecio tramas que retratem a Segunda Guerra Mundial e mesmo não sendo o melhor livro do autor, me pareceu ser uma história interessante. Abraço!

      www.newsnessa.com

      ResponderExcluir