• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • Cartas para você - Só o tempo cura uma perda - Duda Razzera!!




    Nesse livro vamos conhecer a história de Georgia Castro, uma jovem de 22 anos, bonita, inteligente, determinada, um pouco vaidosa, que adora séries e filmes e que gosta muito de literatura. Ela é uma garota muito divertida e feliz, mas não tem sorte nos seus relacionamentos e seus namoros lhe causaram muita dor e tristeza. Georgia é super apegada ao seu pai, que é mais do que um pai, é um amigo e confidente, agora o que ela menos esperava era perdê-lo, sendo a dor desse evento incomparável e a deixou completamente sem rumo.
    Para piorar ainda mais, seu tio que tinha um empresa junto com o seu pai, após o falecimento, deixou todos com uma mão na frente e outra atrás, sendo que o pai de Georgia que reergueu a empresa dele, mas resolveu retribuir desta triste maneira. Assim Georgia começa a escrever, recomendada pela sua psicóloga, para poder lidar com o luto, com as dificuldade, os relacionamentos familiares e amorosos e o pior a depressão, mas principalmente para aceitar a perda do pai.
    O livro é escrito em forma de cartas, seus capítulos são curtos e todos direcionados a aceitação a qual questiona constantemente por tudo o que está passando, não é uma leitura fácil e em certos momentos chega a ser cansativa, mas tudo que transmiti no decorrer de sua páginas é muito válido.
    A autora Duda Razzera aborda muito
    s assuntos importantes, a importância da família, da fé e amizade, nem a alegria e a tristeza duram para sempre, a adversidade sempre virá nas nossas vidas para nos ensinar e fortalecer e cada um lida com a perda de uma maneira diferente e no fim vamos ver como Deus trabalha na nossa vida.
    O livro não
    possui só momentos de tristeza, pois algumas situações de Georgia são hilárias e conseguem deixar em certas partes a leitura mais leve, assim como a personagem, a autora perdeu o pai, então sabemos que o livro é praticamente biográfico, outro assunto muito válido citado no livro foi a era virtual em que a autora nasceu onde se conclui que a internet não é má, mas você não pode ficar presa a ela, pois tudo é bonito on-line.
    “ A verdade é que ninguém pode dizer que conhece alguém só porque conversa com ela todo dia no Facebook e sabe tudo o que ela faz e deixou de fazer nesse meio-tempo.” página 159.

    O livro tem uma capa bem legal e criativa, também está cheio de citações que sãos mencionadas no decorrer da história, não é um livro de autoajuda, mas nos leva a refletir bastante.

    “Agradeço por meus amigos não me dizerem “ Eu sei como você se sente”, “ Já passei por algo parecido”, porque isso me deixaria louca. Não, vocês não entendem. E, não, não vão passar por nada que se compare ao que eu estou sentindo.
    Primeiro: porque a dor é minha. Segundo: porque, de todos os meus amigos, nenhum pai foi como o meu. Nenhum pai vestiu de verdade a camisa como o meu. Terceiro: nenhum deles teve o meu pai.” páginas 24 e 25.






    Segue abaixo a sinopse do livro:






    Sinopse: Cartas para você - Só o tempo cura uma perda - Duda Razzera







    A história retrata a vida de Georgia Castro, uma menina mulher em seus vinte e dois anos que acabou de perder o pai. Inconformada com a morte de seu pai - e também melhor amigo, Georgia entra em depressão. Sua psicóloga aconselha-a a escrever para o seu pai ou manter um diário pois Georgia gosta muito de escrever. A partir daí, Georgia começa a escrever cartas para a Aceitação, pedindo para que ela bate à sua porta.
    As cartas são uma espécie de diário e Georgia trata a Aceitação como sua confidente. Ela conta sobre a história de amor de seus pais, sobre a história de sua família, o falecimento de seu pai e as intrigas em família que decorreram do falecimento.
    Além da questão familiar e do processo de luto, Georgia também desabafa sobre sua vida amorosa, pois o cara de quem gostava não quis mais ficar com ela após a morte de seu pai. Com mais essa perda, ela começa a lembrar do péssimo ex-namorado que marcou muito a vida dela e da sucessão de casos amorosos mal sucedidos depois dele.
    Tentando seguir a vida, Georgia termina a faculdade de Economia e conta sobre a formatura, o primeiro emprego, suas saídas com os amigos e novos amores.
    Basicamente, Cartas para você conta o processo de superação da morte de seu pai, sobre amadurecer e confiar em si mesma para tomar as decisões e acima de tudo, voltar a viver mesmo sentindo saudade.




     

    14 comentários :

    1. Oi Marco, que resenha ótima.
      Eu não curto muito o gênero deste livro, mas fiquei tocada pela história que deve ser sofrida.
      Vou anotar sua dica.
      Abraço.
      Lia Christo
      www.docesletras.com.br

      ResponderExcluir
    2. Olá Marco!
      Adorei a resenha! Não conhecia o livro e ele parece ser um bom e tocante drama.
      Estou te seguindo também :)
      Bjs

      EntreLinhas Fantásticas | SORTEIO CALDEIRÃO DE PRÊMIOS HARRY POTTER!

      ResponderExcluir
    3. Oi Marco, tudo bem? Quando vi esse livro aqui, já fiquei com vontade de ler. Mas agora com a resenha, a vontade de ler ficou ainda maior. Tenho problemas com a doença, então me interesso por todos os livros que abordem o tema.
      Gostei bastante do último trecho citado. Mas diria ainda mais. Nenhum amigo sabe o que ela passou, por que nenhum amigo é ela. A dor é diferente para cada pessoa. Tempos atrás, eu acreditava fielmente naquela frase: as pessoas só te entendem quando passam pelo mesmo que você. Mas hoje percebo o quanto ela está errada. Duas pessoas, na mesma situação podem sentir e ter reações completamente diferentes. Por que não somos as situações. Somos o que sentimos com elas.
      Um beijão
      http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    4. Gostei muito da premissa, acho que eu gostaria de ler *.*

      Beijinhos :*
      Sankas Books

      ResponderExcluir
    5. Gostei da resenha Marco. Aprecio livros epistolares e este me pareceu bem interessante e intenso. Abraço!

      www.newsnessa.com

      ResponderExcluir
    6. Oie Marco,
      A história parece ser linda!
      Acho que não é meu estilo de leitura, mas a história deve valer a pena.

      bjos
      http://blog.vanessasueroz.com.br

      ResponderExcluir
    7. Oi, Marco!
      Eu li em algum blog que esse livro é baseado na vida da autora. Por isso, quero muito lê-lo.
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir
    8. Aprecio livros que se apoiam no gênero epistolar, porém, não sei se teria tanto ânimo para ler esse no momento. Atualmente, estou fugindo de livros com uma carga dramática maior, tenho apostado em séries que gosto e livros mais políticos.
      Enfim, não leria agora, mas quem sabe no futuro.

      Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro. Serão seis livros para três vencedores.

      ResponderExcluir
    9. Olá, Marco.
      Estou vendo bastante esse livro ultimamente, mas acho que no momento eu não leria por não estar a fim de ler livros assim, que abordem a dor da perda. Mas gostei da forma em que é escrito, em forma de cartas. É um diferencial.

      Blog Prefácio

      ResponderExcluir
    10. Estou de oljo neste livro desde que vi ele nas redes sociais. Sem dúvida deve mesmo ser uma ótima leitura e eu adoraria ter a chance de poder lê-lo também!

      Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
      http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    11. Oi Marco, eu lembro que estava esperando que você publicasse a resenha. Esta questão de ser escrita com cartas acho legal desde que li Querida Sue. Poxa e esta parece ser bem sentimental. Você sempre pega bons livros para ler!

      Beijos,

      Greice Negrini

      Blogando Livros
      www.amigasemulheres.com

      ResponderExcluir
    12. Oi Marco.

      Eu não conhecia o livro e tem uma sinopse bem interessante. vou deixar a dica anotada, quem sabe eu possa conferir.

      Bjos

      http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    13. Oi, Marco!
      Tudo bem?

      A autora nos prestigiou com um exemplar também! A Izabela já está lendo e me pareceu uma história muito tocante.

      Sua resenha está ótima e fiquei curiosa para checar o livro depois da Iza! Hahahaha

      Bjs

      livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

      ResponderExcluir